Preservação do meio-ambiente: dicas para cuidar do solo

 In Artigos

Podemos perceber por meio de campanhas e práticas, que a preocupação sobre o ecossistema tem sido crescente por parte de pessoas, organizações e governo, e por isso, atentar-se a medidas de preservação do meio-ambiente é fundamental, ainda mais para quem trabalha diretamente com a natureza, como os agricultores. Se você está nesse meio, não é muito difícil fazer a sua parte! Tomando cuidado do seu próprio solo, você garante um melhor plantio e evita riscos florestais. Levando tudo isso em consideração, para preservar o ecossistema, você precisa saber sobre os problemas de degradação ambiental. Informar-se sobre os agentes poluentes e prejudiciais é muito importante, pois assim, você sabe o que deve ou não fazer, podendo começar a cuidar ainda melhor do seu solo.

Preservação do meio-ambiente: dicas para cuidar do solo

Não é segredo nenhum que o descarte incorreto de lixo prejudica o solo e que grande parte dessa poluição é causada por empresas, indústrias ou até mesmo indivíduos. Pois é! Devido à falta de conscientização, esses atos são sentidos em todos os componentes do ecossistema. Mas fique tranquilo, para mudar essa situação, saiba que algumas ações simples já podem fazer a diferença. Confira.

Solo: como cuidar e preservar?

Cuidar do solo é uma tarefa que demanda tempo e atenção. Existem muitas técnicas que podem implementar uma grande melhora no cultivo, além da conservação ambiental, mas isso tudo precisa ser feito com a maior cautela. Preste muita atenção em rótulos e explicações de produtos para não prejudicar o local. Com esses objetivos em mente, você precisa manter o equilíbrio entre a produção de matérias-primas e a preservação do meio-ambiente, tomando medidas sustentáveis. Antes de começar, conheça bem o seu solo e fique atento a todas as características do seu plantio, antes de implementar qualquer mudança. Afinal, o uso incorreto dos produtos pode acarretar em desertificação, arenização, intensificação de erosões e outros problemas.

Dicas:

1 – Aplicação de adubo

A aplicação de adubo, sendo orgânico ou de origem mineral, é muito indicada para solos que possuem baixo teor de nutrientes. Esses aditivos servem para aumentar a fertilidade, fazendo com que seu solo não se esgote rapidamente e não sofra com as consequências ambientais, por isso escolha o melhor adubo para a sua plantação.

2- Adubos verdes

Solos pobres podem receber um upgrade com o plantio dos chamados adubos verdes. Adubação verde é o nome dado à prática de plantar leguminosas na superfície do solo, ajudando a enriquecê-lo com muitos nutrientes. As leguminosas que são mais utilizadas para esse tipo de técnica são as crotalárias, feijão-de-porco, mucunas, feijão-caupi e guandu, amendoim forrageiro, calopogônio, galáxia, cudzu tropical e siratro.

3- Técnicas de irrigação

Algumas técnicas de irrigação podem ajudar na preservação do ambiente e evitar a salinização do solo. Caso você more em uma região que apresenta altos índices de evaporação, você precisa se atentar muito nessa questão: alguns métodos podem ajudar a evitar as consequências causadas por esse clima, fazendo com que realize a preservação do meio-ambiente e melhore o cultivo.

4- Correção de acidez

Primeiramente, você precisa descobrir se seu solo tem a necessidade de receber essas aplicações. Se sim, você pode introduzir calcário em plantações que possuem um elevado teor de alumínio. Essa técnica é chamada de calagem e ajuda a corrigir a acidez do solo.

5-  Minhocas

Nessa técnica você utiliza as minhocas para aeração do solo e ainda realiza a produção de húmus! Pois é, utilizando essa dica você consegue visualizar resultados significativos para a vida da planta, fazendo com que ela cresça mais saudável e forte.

6- Cuidado com o solo

Com a análise de tipo de solo, você pode verificar um modo para utilizar máquinas agrícolas sem prejudicar o ambiente. Tendo essa especificação, você conseguirá preservar a produtividade da sua plantação e otimizar tempo através dessas ferramentas.

7- Contenha a erosão

Diversas técnicas de cultivo podem ajudar a conter a erosão de sua plantação. O método de terraceamento que consiste no cultivo em socalcos, uma técnica agrícola e geográfica de conservação de solo, costuma ser muito utilizada em terrenos inclinados. Você também pode cobrir o solo com vegetação, isso fará com que diminua a exposição de agentes intempéricos no ambiente e a erosão seja muito menor.

8- Aposta em sistemas de prevenção de incêndio

Técnicas para conter incêndios, além de evitar diversos problemas por conta das queimadas, também previnem a destruição do solo. Invista em ferramentas de monitoramento contra incêndios, assim você terá mais tempo para reagir, e terá atitudes mais eficazes durante situações de risco. Com essas dicas, você poderá cuidar do solo, trazendo mais qualidade, além de ajudar na preservação do meio-ambiente. Se você tem alguma outra dica ou dúvida sobre a manutenção do solo, conte para a gente! Entre em contato conosco e conheça nossas soluções inovadoras!

Recent Posts

Leave a Comment