Sintecsys participa da Wildfire 2019 Brasil

Evento acontece em Campo Grande e reúne especialistas de diversos países. A Sintecsys é a principal agtech brasileira na detecção de incêndios florestais

 Até a sexta-feira, 1º de novembro, a Sintecsys estará em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, participando da Wildfire Brasil 2019, 7ª edição dessa que está entre as mais importantes conferências mundiais sobre incêndios florestais. “Em um ano no qual as queimadas no território brasileiro tiveram grande destaque na imprensa de diversos países, é muito importante estar presente nesse evento para refletir sobre o tema e demonstrar nosso trabalho de detecção de incêndios como uma decisiva solução para essa questão”, comenta Rogério Cavalcante, CEO da Sintecsys.

A Wildfire reúne diversos profissionais, de mais de 30 países, que atuam no manejo e controle de incêndios florestais ao redor do mundo. Um dos principais objetivos dos organizadores da conferência é fomentar a troca de conhecimento entre esses gestores, políticos e pesquisadores. Por isso, a Wildfire é um dos principais canais de divulgação de soluções efetivas para o combate às queimadas. É um espaço para a promoção e cooperação internacional.

Ao longo do evento, estarão em exposição novas tecnologias, produtos, e metodologias para o controle e manejo do fogo em incêndios florestais. A última edição dessa conferência ocorreu em 2015, na cidade de Pyeongchang, na Coréia do Sul. Foi na cidade de Boston, nos Estados Unidos, em 1989, que a conferência aconteceu pela primeira vez.

Mais informações do evento: Wildfire Brasil 2019

SOBRE A SINTECYS

Sediada em Jundiaí, a Sintecsys é uma agtech (como são chamadas as startups voltadas para o setor agropecuário) e está presente em seis estados brasileiros, desde o interior paulista, passando pelo Centro-Oeste e chegando com suas operações em parte da região Amazônica.

Nosso sistema é composto por torres de monitoramento equipadas com câmeras de alta resolução e software dotado de avançado algoritmo e inteligência artificial elaborados para a detecção de fumaça em um raio de 15km (70.000 hectares), em apenas 3 minutos.

Nossa solução tecnológica possui funcionamento diuturno, com sistema próprio de tráfego de dados (dispensa conectividade); e é abastecida por energia fotovoltaica (dispensa energia elétrica local), garantindo assim o monitoramento online 24 horas, 7 dias por semana. Nosso sistema é integrado por uma central de controle instalada nas áreas vídeo monitoradas. Atualmente, monitoramos mais de 3,5 milhões de hectares.

Nos últimos 20 anos, foram emitidas bilhões de toneladas de CO2 na atmosfera terrestre. Nessas duas décadas, as queimadas responderam por mais de 30% dessas emissões. É bom ressaltar, a atividade humana (intencional ou acidental) é responsável por grande parte das ocorrências de incêndios em plantações e florestas brasileiras. Todo esse cenário de degradação do meio ambiente impacta diretamente na economia do país e na condição social das pessoas. “Os incêndios florestais além de destruírem nosso meio ambiente corroem profundamente nosso desenvolvimento socioeconômico”, reflete Rogério.

 

Siga-nos em nossas redes sociais: LinkedIn, Instagram e Facebook

COMO A TECNOLOGIA PODE AJUDAR O MEIO AMBIENTE A EVITAR DESASTRES

Vamos lembrar, primeiramente, que startups são fundadas, na maioria das vezes, por empreendedores apaixonados pela solução de problemas em seu cotidiano e no mundo ao seu redor – e não faltam empresas que entraram em cena para fazer sua parte na luta global contra a mudança climática, as crises ambientais urbanas e os problemas que envolvem a manutenção dos ecossistemas.

Podemos começar com um exemplo “de dentro de casa”: em seu último Programa de Aceleração, o BrazilLAB (ONG que presta apoio a startups que criam soluções que possam ser aplicadas no setor público) selecionou a Sintecsys como participante. A empresa criou um sistema de detecção de incêndios em lavouras e florestas que faz justamente esse serviço essencial de informar sobre fogo na mata antes que o problema se alastre.

Veja a matéria completa: Clique aqui

SEMINÁRIO DO BNDES DISCUTE OPORTUNIDADES PARA STARTUPS EM CONCESSÕES E PPPS

“Empresas nascentes de base tecnológica podem oferecer soluções para concessionárias e SPEs, contribuindo para a prestação de melhores serviços públicos ao cidadão.”

Nessa terça-feira, 13 de agosto de 2019, empreendedores e especialistas discutiram sobre parcerias público-privadas (PPPs) e concessões de serviços públicos, e o quanto isso pode gerar oportunidade para startups.

O mercado de PPPs e concessões ainda tem muito que ser explorado pelas startups, que podem contribuir com soluções tecnológicas para aumentar a eficiência e qualidade do serviço público prestado.

A Sintecsys esteve presente, representada pelo CEO Rogerio Cavalcante, compartilhando sua solução de detecção automática de incêndio. Hoje a empresa monitora 3,2 milhões de hectares, com de centros de controle instalados no país. Tal número que pode aumentar ainda mais nesse mercado de PPPs e concessões.

 

Confira a matéria completa: Clique aqui

Sintecsys presente entre as melhores opções em inovação para o agro

O  Contxto –  principal site da América Latina para notícias sobre tecnologia, startups e capital de risco – listou a Sintecsys entre as “12 startups brasileiras que estão revolucionando a indústria agro”. O Mapa do Mercado produzido pelo site especializado elenca algumas das melhores opções que o mercado agropecuário brasileiro tem a oferecer, confira: https://bit.ly/2VZfIfH

Sintecsys entre as 100 empresas que investidores devem acompanhar

Divulgado neste 09 de maio, a segunda edição do ranking 100 Startups to Watch traz a Sintecsys entre as empresas do Agronegócio. O levantamento é uma amostra do que o Brasil tem de mais promissor em inovação. As empresas foram escolhidas porque se destacam entre as milhares de empresas nascentes do país.  O ranking é resultado de uma parceria entre as revistas “Pequenas Empresas & Grandes Negócios”, “Época NEGÓCIOS”, da Editora Globo, e das consultorias Corp.vc e EloGroup. Saiba mais aqui.

 

Sintecsys é destaque em tecnologia na Revista Globo Rural do Mês de Abril

Uma das mais prestigiadas publicação no segmento agro do País, a Revista Globo Rural, na seção Campo Aberto deste mês (abril 2019), destaca a tecnologia desenvolvida pela Sintecsys na coluna Radar. Entre os pontos abordados, os diferenciais em agilidade na localização do foco de incêndio – em até 5 minutos -, a abrangência no monitoramento  –  até 70 mil hectares de área e a precisão – triangulação coordenada das informações.

Confira nossa participação: