6 tecnologias que tornam o agronegócio mais eficiente e lucrativo

 In Artigos

Desde sempre a tecnologia se apresenta como uma importante ferramenta para tornar qualquer atividade que envolva o agronegócio mais eficiente e lucrativa. Assim, a tecnologia ajuda os produtores rurais a conseguirem um aumento de ganho no seu capital.

Vamos conhecer 6 tecnologias que auxiliam a agronegócio a se tornar cada vez mais eficiente e lucrativo

1.  Sistema de detecção automática de incêndios

Os incêndios florestais são umas das maiores preocupações dos produtores rurais, que sofrem fortes prejuízos quando esses incidentes ocorrem. De acordo com relatório do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), de 1 de janeiro a 15 de setembro de 2017, houve um total de 13.346 ocorrências (2.827 incêndios florestais e 10.519 fogachos) que resultaram em 209.678 hectares de área ardida de espaços florestais, entre povoamentos e matos.

A boa notícia é que esses dados podem ser reduzidos, pois atualmente contamos com uma tecnologia que oferece informações em tempo real para identificar e controlar focos de incêndio em áreas florestais.

Esse sistema de monitoramento conta com câmeras em pontos estratégicos que acionam um alerta, tornando possível tomar medidas para apagar o fogo a tempo.

2.Utilização de drones

Os drones estão cada vez mais presentes no agronegócio. Eles podem mapear fazendas e plantações, indicando quais são os problemas e através de uma associação com uma inteligência computacional preparada para receber essas imagens, analisar e oferecer possíveis soluções.

A utilização dessa ferramenta faz com que o encontro de falhas em cultivos ocorra de uma forma mais rápida. Além disso, esses equipamentos possibilitam saber quanto precisará ser investido para corrigir o problema ou quanto está sendo perdido de dinheiro em razão desse problema.

Essa ferramenta é importante, uma vez que possibilita ao agricultor ter dados rapidamente e reverter os problemas o mais rápido possível.

Drones auxiliam na lavoura de várias formas diferentes.

3. Controle de pragas utilizando componentes macrobiológicos

Outro avanço tecnológico diz respeito ao controle de pragas nos mais diferentes cultivos. Existem hoje em dia no mercado macro-organismos produzidos cuja a finalidade é manter a qualidade das plantações evitando possíveis perdas.

Essa novidade pode ser feita através da introdução de ácaros ou microvespas, as quais ajudam a controlar as pragas, reduzindo a população dos patógenos da lavoura, fazendo com que as lavouras sejam cada vez mais produtivas e com menores perdas.

4. Monitoramento da produção através da detecção dos índices de agrotóxico

O monitoramento dos agrotóxicos se faz necessário, uma vez que a pressão da sociedade quanto à utilização desses recursos é cada vez mais forte. Dessa forma, conseguir uma forma de monitoramento eficaz é essencial para que o produtor saiba se o seu produto está em conformidade com a legislação.

O monitoramento é feito através do rastreio do alimento, desde a sua plantação até o supermercado, através da adesão voluntária do Programa de Rastreabilidade e Monitoramento de Alimentos, feita pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

5. Monitoramento e mapeamento das propriedades rurais

Através de uma espécie de Google Maps, as propriedades agrícolas do país podem ser ranqueadas de forma positiva ou negativa e outros fatores podem ser observados, como a utilização de trabalho escravo ou a prática do desmatamento.

Ao fazer isso, essa ferramenta permite que o produtor se adeque à legislação vigente e evite perder sua lucratividade por causa de multas emitidas.

6. Utilização do Big Data

Outra forma de aumentar a produtividade agrícola de qualquer produtor é a utilização da ferramenta de Big Data, ou seja, a produção é analisada por meio de dados estatísticos, mostrando informações sobre a condição do solo, definir o espaçamento ideal para cada semente, de forma a aumentar a produtividade, bem como a profundidade de enterramento dessas sementes, além é claro de análises sobre o clima o que afeta a produtividade.

O Big Data auxilia no crescimento da sua produção.

Podemos observar que todas essas práticas ajudam o produtor a aprimorar ainda mais o seu agronegócio tornando-o mais eficiente e lucrativo. Qual prática você achou mais interessante? Conhece mais alguma? Deixe o seu comentário e continue acompanhando nossas publicações.

Recent Posts

Leave a Comment

melhorar a produtividade na agricultura